Notícias | Dia a dia
Fognini leva advertência e pode perder até dois Slam
11/10/2017 às 12h13

Fognini já havia desembolsado US$ 24 mil

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Saiu nesta quarta-feira a punição para o italiano Fabio Fognini, que foi desclassificado do último US Open após ofender a juíza que comandou sua derrota na estreia em simples no torneio. O Conselho Diretor dos Grand Slam se reuniu na última segunda-feira (9/10) e definiu a pena para o atual 28 do mundo.

Fognini foi considerado culpado por ofensa e comportamento contrário à integridade do jogo e por isso levou uma multa de US$ 48 mil, que pode chegar aos US$ 96 mil caso ele cometa outro deslize deste porte em um Slam até o fim de 2019.

Neste período, o italiano terá o comportamento monitorado e se repetir o erro não apenas terá que desembolsar mais dinheiro, mas também levará uma pena exemplar, sendo suspenso de dois Grand Slam, um deles necessariamente o US Open. Caso nada aconteça até o fim de 2019, as penas não serão impostas pela ITF.

Antes mesmo do julgamento, o próprio Fognini havia manifestado seu arrependimento, tanto que ele não irá recorrer da pena e aceitou o que lhe foi imposto. Esta atitude o ajudou a ter a pena colocada em condicional.

O italiano disputa nesta semana o Masters 1000 de Xangai, onde já venceu dois jogos e agora terá pela frente o número 1 do mundo Rafael Nadal. Eles já se enfrentaram 12 vezes e o espanhol tem confortável vantagem no retrospecto, com 12 triunfos e apenas três derrotas, a última delas no US Open de 2015.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis