Notícias | Dia a dia
Bia vira na estreia, derruba favorita e encara Errani
11/10/2017 às 08h33

Bia dominou as ações no último set

Foto: Arquivo

Tianjin (China) - Foram dois dias de espera, mas a estreia da paulista Beatriz Haddad Maia no WTA de Tianjin enfim chegou. E todo o tempo aguardando pelo duelo com a croata Donna Vekic valeu a pena para a número 1 do Brasil, que derrubou a cabeça de chave 4 do torneio com uma ótima vitória de virada, anotando parciais de 6/7 (4-7), 6/4 e 6/2, em 2h08 de partida.

O próximo obstáculo no caminho da canhota paulista será a experiente Sara Errani, que já foi top 5, mas hoje ocupa apenas a 280ª colocação no ranking. Vinda do qualificatório, ela não teve trabalho em seu primeiro jogo na chave principal e despachou a ucraniana Kateryna Kozlova em apenas 67 minutos, com placar final de 6/2 e 6/1.

Será a terceira vez que Bia e Errani medirão forças no circuito. A primeira delas foi no Rio Open de 2015, quando a brasileira venceu o primeiro set, perdeu o segundo no tiebreak e acabou abandonando no terceiro. O troco veio neste ano, em Bol, onde a paulista derrubou a italiana em sets diretos.

No duelo com Vekic, a número 1 do Brasil foi quebrada logo de cara, mas devolveu o break no quarto game e chegou a ter set-point quando a rival sacava em 4/5. Como não conseguiu bater o saque da croata, Bia teve que definir o primeiro set no tiebreak, em que levou a pior e acabou saindo atrás no placar.

Bia não se abateu com a perda do primeiro set, manteve a compostura no segundo e foi premiada com uma quebra já no terceiro game. Sem ter o serviço ameaçado, a paulista administrou muito bem a vantagem até o fim e tratou de empatar o confronto e levar a decisão para a terceira parcial.

O terceiro set foi dominado pela canhota paulista que por pouco não aplicou um 'pneu' para cima de Vekic. Depois de vencer os cinco primeiros games, com três quebras, Bia sacou em 5/0 para fechar, perdeu quatro match-points e viu a croata devolver um dos breaks. Só que a vantagem era muito grande e ela não vacilou na segunda vez que foi ao saque para fechar e sacramentou a vitória.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis