Notícias | Dia a dia
Halep enfim lidera WTA, Sharapova volta ao top 100
09/10/2017 às 08h43

Halep viu o nº 1 bater na trave outras três vezes

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Depois de ficar a uma vitória da liderança do ranking em três oportunidades neste ano, enfim a romena Simona Halep conseguiu assumir o posto de número 1 do mundo. Na quarta tentativa ela derrotou a letã Jelena Ostapenko em Pequim, foi à final do torneio e assim garantiu pela primeira vez o posto mais alto na WTA.

Ostapenko curiosamente já havia sido a algoz de Halep em Roland Garros, na primeira das chances da romena. As outras duas aconteceram em Wimbledon, quando foi superada pela britânica Johanna Konta nas quartas, e em Cincinnati, perdendo a final para a espanhola Garbiñe Muguruza.

A romena se tornou a 25ª líder na história do ranking feminino e a primeira de seu país a alcançar tal feito. Antes de Halep, apenas na ATP a Romênia tinha visto um número 1, com Ilie Nastase. Para completar a festa, ela também assumiu a ponta da corrida da temporada, deixando para trás Muguruza e a tcheca Karolina Pliskova.

Além de contar com a estreia de Halep como número 1 do mundo, o ranking desta segunda-feira também viu a russa Maria Sharapova voltar ao top 100, algo que ela conseguiu depois de vencer duas no Premier de Pequim, parando nas oitavas de final justamente diante da romena.

Sharapova não aparecia entre as 100 melhores do mundo desde o dia 16 de outubro de 2016, quando era a 91ª do mundo. Por causa da suspensão por doping, ela chegou a ficar fora do ranking e só voltou em 30 de abril deste ano, na modesta 262ª colocação. Desde então, a russa batalhou com lesões, jogou pouco e só conseguiu voltar ao top 100 agora, na 86ª posição.

Campeã em Pequim, a francesa Caroline garcia foi mais uma das que se deu bem no ranking desta semana. Ela debutou no top 10 da WTA, aparecendo no 10º lugar, e entrou de vez na briga por um lugar no Finals, subiu para o oitavo lugar na corrida da temporada e está com a vaga provisória em Cingapura.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis