Notícias | Dia a dia
Sem técnico, Pliskova é orientada pelo próprio pai
28/09/2017 às 16h20

Tcheca encerrou o trabalho com o treinador David Kotyza

Foto: Divulgação

Wuhan (China) - Encerrada nesta quinta-feira com derrota nas quartas de final, a participação de Karolina Pliskova no WTA Premier de Wuhan foi marcada pelo término de sua relação profissional com o técnico David Kotyza, com quem trabalhava desde o início da temporada. Ainda sem definir o nome do novo treinador, a tcheca de 25 anos está sendo orientada pelo próprio pai, Radek Plisek.

"A principal razão é que eu vejo meu jogo de maneira bem diferente que ele [Kotyza], então foi por isso que decidi que seria melhor mudar", disse Pliskova quando perguntada sobre sua decisão.

"Eu não quero falar sobre a visão dele, mas a minha é que eu ainda sou uma jogadora agressiva, mas não um jogadora ganhar o ponto em um golpe", explicou a número 4 do mundo, que chegou a liderar o ranking por oito semanas entre 17 de julho e 10 de setembro.

"Eu posso jogar alguns ralis de vez em quando. Estou bem quanto a isso. Eu ainda quero ser agressiva, talvez até mais do que eu já sou. Mas, como eu disse, minha visão é um pouco diferente da que ele tem", complementou a tcheca de 25 anos.

A respeito da derrota para Ashleigh Barty por 4/6, 7/6 (7-3) e 7/6 (7-2), Pliskova entende que não sacou tão bem durante os dois tiebreaks e permitiu que a rival australiana pudesse ser dominar os pontos nos momentos decisivos.

"Acho que ela estava jogando um pouco melhor que eu hoje. É verdade que eu estive muito perto da vitória, a um ou dois pontos, mas ela foi muito mais agressiva. No final dos sets, ela estava partindo para definir os pontos e eu não conseguia fazer isso porque não estava colocando nenhum primeiro saque em quadra nos tiebreaks. Esse foi o principal problema".

"A tcheca também lamentou a perda de um break point no início do segundo set. "Todos os games foram muito duros. Mesmo no segundo set, não houve tantas chances de quebra. Eu tive uma e disputei um rali em que poderia ter jogado melhor. O set poderia ter sido diferente se eu conseguisse aquela quebra".

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis