Notícias | Dia a dia
Bia dá salto e entra para o top 60 pela primeira vez
25/09/2017 às 08h57

Bia é a quinta melhor brasileira da história do ranking

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Vice-campeã do WTA de Seul, em sua primeira final da carreira neste nível, a paulista Beatriz Haddad Maia viu a excelente campanha no torneio sul-coreano lhe render bons frutos no ranking. Na lista desta segunda-feira, ela deu um salto de 13 posições e agora é a 58ª do mundo, a melhor colocação da carreira até então.

Bia já é a quinta melhor brasileira da história do ranking, ficando atrás apenas da paulista Maria Esther Bueno, que brilhou mais na época amadora e mesmo assim conseguiu ser a 29ª do mundo na WTA, da gaúcha Niege Dias (31ª), da pernambucana Teliana Pereira, que chegou a ser 43ª, e da baiana Patrícia Medrado, que foi 48ª na lista feminina.

Para se tornar apenas a quinta do país a entrar no top 50, a canhota paulista precisa descontar 126 pontos que tem atualmente de desvantagem para a ucraniana Lesia Tsruenko, que nesta segunda figura como a 50ª melhor do mundo.

Algoz da paulista na final de Seul, a letã Jelena Ostapenko se manteve na décima colocação, com o top 10 da WTA permanecendo inalterado nesta semana. Um dos destaques desta parte de cima do ranking foi a russa Anastasia Pavlyuchenkova, que com o vice em Tóquio subiu quatro lugares e voltou ao top 20, ocupando o 19º posto.

Depois de Bia, a melhor brasileira no ranking é Teliana, que ocupa apenas a 345ª colocação, uma abaixo da que figurava na semana passada. A número 3 do país é a campineira Paula Gonçalves, que despencou 21 lugares e agora é a 393ª do mundo.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis