Notícias | Dia a dia
Apenas duas top 100 chegam à semi em Tóquio
15/09/2017 às 08h45

Miyu Kato é a esperança da casa nas semifinais

Foto: Akira Ando/Divulgação

Tóquio (Japão) - As principais favoritas no WTA de Tóquio não conseguiram chegar nas semifinais, que terá apenas duas top 100 e uma média de idade de 22,5 anos. A mais experiente entre as semifinalistas é a norte-americana Christina McHale, que derrubou a belga Elise Mertens, cabeça de chave 3, nas quartas de final, com parciais de 6/4 e 6/1. 

A próxima adversária da norte-americana de 25 anos será a segunda mais velha semifinalista, a cazaque Zarina Diyas, que levou a melhor sobre a compatriota Yulia Putintseva, vencendo de virada e com o placar final de 4/6, 6/1 e 6/3. Será a segunda vez que as duas top 100 se enfrentam, com vantagem para McHale, que levou a melhor no único embate até então. 

Responsável pela eliminação da principal favorita ao título, a francesa Kristina Mladenovic, logo na primeira rodada, a jovem croata Jana Fett é a mais jovem na semi. Vinda do qualificatório, ela garantiu sua vaga ao deixar pelo caminho a chinesa Qiang Wang em batalha de três sets e parciais de 6/3, 4/6 e 6/3. 

Fechando a lista das quatro últimas no torneio aparece a atleta da casa Miyu Kato, jogadora com o ranking mais baixo entre as semifinalistas. A japonesa de 22 anos e atual 171 do mundo derrubou a sérvia Aleksandra Krunic em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/3, depois 71 minutos de confronto, e agora vai encarar Fett, de apenas 20, por um lugar na decisão. 

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis