Notícias | Dia a dia | US Open
Nadal mira o 16º Slam, Anderson tem maior desafio
10/09/2017 às 09h35
Publicidade
Publicidade

Nadal levou a melhor nas quatro vezes em que enfrentou Anderson

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - A edição 2017 do US Open chega ao fim neste domingo com o duelo entre Rafael Nadal e Kevin Anderson a partir das 17h (de Brasília). Ainda que os dois jogadores tenham a mesma idade, 31 anos, ambos apresentam trajetórias bastante distintas no circuito.

Nadal está em sua 23ª final de Grand Slam, sendo a terceira só nesta temporada. Líder do ranking mundial, o espanhol tenta o 16º título em dos quatro maiores torneios do mundo e o terceiro US Open, onde já foi campeão nas temporadas de 2010 e 2013.

Já Anderson terá o jogo mais importante de sua carreira. O sul-africano é o primeiro atleta de seu país em uma final de US Open desde Cliff Drysdale em 1965. Já o caso mais recente de um compatriota em uma final de Grand Slam data de 1981, quando Johan Kriek conquistou seu primeiro título do Australian Open.

No circuito, já são 73 títulos para Nadal, que irá disputar a final de número 109. O espanhol já venceu quatro torneios na temporada e foi vice em outros três. Por sua vez, Anderson fará sua 13ª final da carreira. Ele possui três títulos de ATP, o último há pouco mais de dois anos em Winston Salem, e foi recentemente finalista em Washington.

É certo que Nadal manterá a liderança no ranking mundial. O espanhol já está com 8.665 pontos e pode chegar a 9.465 em caso de título, ampliando a vantagem para Roger Federer que tem 7.505 pontos. Enquanto isso, o ex-top 10 Anderson aparece atualmente no 32º lugar e já garantiu a volta ao top 15, podendo retornar ao grupo dos dez melhores com título.

O histórico do confronto é muito favorável a Nadal, que levou a melhor em todos os quatro embates anteriores contra Anderson. O sul-africano venceu somente um set, durante o duelo válido pelo Masters 1000 de Paris do ano passado.

Confira o histórico de confrontos entre Nadal e Anderson.

2017
Barcelona (Saibro) - Oitavas - Rafael Nadal, 6/3 6/4
2015
Masters 1000 Paris (Sintético) - Oitavas - Rafael Nadal, 4/6 7/6(6) 6/2
Australian Open (Sintético) - Oitavas - Rafael Nadal, 7/5 6/1 6/4
2010
Masters 1000 de Toronto (Sintético) Oitavas - Rafael Nadal, 6/2 7/6(6)

Comentários