Notícias | Dia a dia | US Open
Keys avança e completa festa americana nas semis
06/09/2017 às 21h32

Keys reencontra Vandeweghe, a quem derrotou duas vezes nas últimas semanas

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - O público norte-americano já pode comemorar o título feminino do US Open. Todas as quatro semifinalistas do último Grand Slam da temporada são jogadoras da casa. A última a garantir sua vaga foi Madison Keys, 16ª do ranking, que marcou um duplo 6/3 em 1h08 contra a experiente estoniana de 32 anos Kaia Kanepi.

A última vez que quatro jogadoras norte-americanas chegaram às semifinais do US Open foi em 1981, com Chris Evert, Martina Navratilova, Tracy Austin e Barbara Potter. Um quadro de semifinalistas 100% americano já aconteceu em outros quatro Grand Slam na Era Aberta, o último no ano de 1985 na grama de Wimbledon.

Aos 22 anos, Keys disputará sua segunda semifinal de Grand Slam, repetindo a campanha que fez no Australian Open de 2015. Sua adversária será CoCo Vandeweghe. As duas americanas se enfrentaram duas vezes nos torneios preparatórios para o US Open, na final de Stanford e na rodada de estreia de Cincinnati, e Keys levou a melhor em ambas as ocasiões.

Mais jovem entre as quatro semifinalistas, já que Venus Williams e Sloane Stephens estão do outro lado da chave, Keys chegou ao sétimo lugar do ranking em outubro do ano passado e terminou a última temporada na oitava posição, mas uma cirugia no punho esquerdo adiou o início de sua temporada para março. Ela ainda precisou de uma nova operação depois de Roland Garros para voltar a jogar sem dor.

O momento da temporada é muito bom para Keys, que venceu onze das últimas doze partidas que disputou. A única derrota em seus últimos três torneios foi para Garbiñe Muguruza, nas oitavas de final em Cincinnati, em jogo definido no tiebreak do terceiro set e que a americana teve três match points.

Superada por Keys nesta quarta-feira, Kanepi pode comemorar a recuperação no ranking. A veterana de 32 anos ficou entre junho do ano passado e junho deste ano fora das quadras, por conta de fascite plantar nos dois pés e de ter contraído o Vírus Epstein-Barr. Depois de ter vencido dois ITFs, ela entrou no quali do US Open como 418ª do mundo e deixa o torneio na 110ª posição.

A rápida partida desta quarta-feira começou com um game de três aces e um saque não retornado de Keys. Embora controlasse as ações do fundo de quadra e oferecesse poucas chances, a americana teve que salvar três break points em seu segundo game de serviço, mas depois não teria mais o serviço ameaçado.

Keys terminou o primeiro set com doze winners contra apenas três de Kanepi e aproveitou a única chance que teve para quebrar o serviço da estoniana. A vantagem ficaria ainda maior com uma quebra no game de abertura da segunda parcial, em que a atleta da casa continuaria dominante para perder apenas cinco pontos no saque.

Comentários