Notícias | Dia a dia | US Open
Anderson: 'É uma sensação excelente, foi incrível'
06/09/2017 às 16h08

Anderson derrubou o último norte-americano da chave

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) – Pela primeira vez na carreira o sul-africano Kevin Anderson disputará uma semifinal de Grand Slam. O feito veio com a vitória na noite desta terça-feira sobre o norte-americano Sam Querrey, frustrando a torcida da casa, que apostava suas últimas fichas no atual 21 do mundo.

“É uma sensação excelente, foi uma partida incrível. Coloquei grande esforço para chegar aonde estou, algo que nunca havia conquistado antes. Quero aproveitar um pouco esse sentimento para depois trabalhar duro para o próximo jogo”, comemorou Anderson, que soma agora sete vitórias e oito derrotas contra Querrey.

“Acho que enfrentei Sam mais vezes do que qualquer outro cara, é uma partida muito difícil, na qual você precisa aproveitar as poucas chances que tem. Foi um duelo muito parelho. Fiz um trabalho mental incrível para esquecer o segundo set, quando fui buscar uma desvantagem de 6/1 e depois acabei perdendo aquele tiebreak”, observou o sul-africano.

Na semifinal Anderson medirá forças com o espanhol Pablo Carreño, contra quem jogou duas vezes e venceu ambas. “Nos enfrentamos recentemente e foi duro, estava ventando muito e ambos tivemos dificuldades. O torneio agora é outro, assim como as condições e teremos que fazer ajustes”, comentou.

“Ele vem em um ano incrível, com resultados consistentes. Se não me engano, além das semifinais aqui também fez quartas em Roland Garros. Com certeza chegará confiante e por isso será um jogo muito interessante”, finalizou o sul-africano de 31 anos e atual 32 do mundo.

Comentários