Notícias | Dia a dia
Murray não joga na Ásia e deve encerrar temporada
06/09/2017 às 09h50

Murray não joga desde Wimbledon

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) – Afastado do circuito por causa de uma lesão no quadril, o britânico Andy Murray atualizou seu calendário para o resto da temporada. Nesta quarta-feira, ele anunciou que não irá disputar os torneios asiáticos, ficará de fora do ATP 500 de Pequim e do Masters 1000 de Xangai, e deu a entender que pode não jogar mais em 2017.

“Infelizmente eu não poderei competir em Pequim e Xangai, assim como muito provavelmente também não irei jogar meus dois últimos eventos do ano em Viena e Paris por causa da lesão no quadril, que tem me incomodado nos últimos meses”, disse o atual número 2 do mundo através de comunicado.

“Consultei vários especialistas em quadril na última semana e tomei esta decisão junto com meu time pensando na minha carreira a longo termo. O ano tem sido frustrante para mim, mas estou confiante de que após este tempo de recuperação poderei jogar em alto nível novamente”, observou o escocês.

Murray já confirmou seu começo de 2018 no ATP 250 de Brsibane e ainda disse que pretende estar bom já para enfrentar o suíço Roger Federer em uma partida beneficente marcada para novembro em Glasgow, na qual o britânico pretende arrecadar fundos para a Unicef.

“Tenho feito um trabalho fantástico com o meu time, que está me ajudando muito neste processo pelo qual venho passando. Agradeço a todo o apoio que eles têm me dado e também ao que vem do público e dos meus fãs em um período tão difícil para mim”, encerrou Murray.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis