Notícias | Dia a dia | US Open
Delpo: 'Uma das partidas épicas de minha carreira'
05/09/2017 às 10h20

Del Potro chegou a pensar em desistir do jogo

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) – O espírito de luta do argentino Juan Martin del Potro mais uma vez lhe rendeu uma enorme recompensa. Nesta segunda-feira, ele conquistou uma vitória heroica para cima do austríaco Dominic Thiem, vencendo uma partida na qual entrou com febre, perdeu os dois primeiros sets e chegou a pensar seriamente em desistir.

“Joguei uma das partidas épicas de minha carreira aqui no US Open, que é o meu torneio favorito, em frente a um público incrível. Estava exausto depois do último ponto e por isso levantei minhas mãos ao céu. Foi uma batalha fantástica contra um dos melhores jogadores do circuito”, disse o argentino, que destacou a importância do público em sua caminhada.

“No meio do segundo set eu mal estava conseguindo respirar, também mal me movimentava e Dominic estava dominando facilmente. Mas então eu consegui uma quebra logo no começo do terceiro e venci o set em 20 minutos. Aí a história mudou e eu peguei a energia dos meus fãs”, afirmou o campeão do US Open de 2009.

Delpo fez questão de agradecer o apoio dos fãs. “A torcida foi muito importante, pois eu tinha pensado em desistir depois do segundo set. Quando vi o público querendo mais tênis e esperando por bons serviços e bons saques, peguei toda essa energia e lutei até o fim. Acho que eles gostam do meu esforço, sabem todos os problemas que enfrentei no meu punho”.

Classificado para as quartas de final, o argentino terá agora uma reedição da final de 2009 com o suíço Roger Federer. “Eu o admiro também, todo mundo o ama. Vai ser uma interessante partida de se jogar, oito anos após aquela final e na quadra central. Sei o que preciso fazer para ganhar, mas tenho que ver como estarei fisicamente depois desse jogo”, disse.

O argentino espera que o dia livre entre um jogo e o outro possa ajudá-lo a melhorar, pois sabe que não terá vida fácil contra o suíço. “Não tem mágica, terminei o jogo muito cansado, mas fiz apenas uma massagem e trabalhos com meu preparador físico. Espero conseguir aproveitar o dia de descanso para me recuperar mas e estar em boas condições para enfrentar Roger”, finalizou o atual 28 do mundo.

Comentários