Notícias | Dia a dia | US Open
Kvitova celebra vitória e prevê jogo duro com Venus
04/09/2017 às 14h54

Kvitova teve atuação de gala nas oitavas contra Muguruza

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) – Em uma das partidas mais esperadas do domingo, a tcheca Petra Kvitova mostrou seu melhor tênis em uma atuação primorosa contra a espanhola Garbiñe Muguruza, que não resistiu à rival canhota e acabou derrotada mesmo tendo começado melhor na partida, abrindo vantagem no primeiro set.

“Sei que Muguruza era uma das favoritas a vencer o torneio e também está na briga pelo número 1, peço desculpas por tê-la vencido”, brincou a tcheca. “Fico feliz por seguir na competição e sei que qualquer uma que ainda está na chave pode vencer. Está tudo meio em aberto”, acrescentou Kvitova.

“Fico feliz pela maneira que lidei com a partida e saí vitoriosa. Os últimos pontos foram duros e me sinto muito bem agora. Foi uma batalha, tive trabalho no começo, talvez porque estava acelerando demais as coisas. Apenas precisei ficar um pouco mais calma em quadra para jogar mais ralis”, observou a tcheca.

Esta foi a terceira vitória de Kvitova em quatro encontros com Muguruza. “Venci na última vez que nos enfrentamos, em Pequim, então sabia bem o que iria encontrar e o que precisava fazer. Tinha que ser agressiva e acho que meu saque de canhota me ajudou bastante a abrir a quadra”, pontuou a atual 14 do mundo.

Na próxima rodada ela enfrentará a norte-americana Venus Williams, contra quem espera mais uma batalha. “Vi um pouco de sua partida contra Carla (Suárez) e ela foi muito bem. Tem jogado muito bem nos Slam, sempre chegando longe, e é uma campeã, por isso será um duelo muito complicado e terei que jogar o meu melhor”, avaliou.

Kvitova leva vantagem no histórico com a experiente atleta da casa, somando quatro vitórias em cinco jogos. A última vez que Venus levou a melhor foi em 2012, pela segunda rodada de Miami. Nos três encontros seguintes foi a canhota tcheca que saiu de quadra vitoriosa, sempre precisando de três sets para bater a norte-americana.

Comentários