Notícias | Dia a dia | US Open
Pliskova arrasa e leva 46 minutos para ir às quartas
04/09/2017 às 13h43

Pliskova cedeu apenas um game contra Brady

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) – Depois de passar aperto na rodada anterior e ter inclusive que salvar um match-point para seguir viva no US Open, a tcheca Karolina Pliskova deixou claro que isso ficou no passado. Nesta segunda-feira, ela teve uma atuação arrasadora contra a norte-americana Jennifer Brady e arrasou com parciais de 6/1 e 6/0, em apenas 46 minutos de jogo.

Garantida nas quartas de final do torneio, a número 1 do mundo precisa pelo menos defender o vice-campeonato em Flishing Meadows se quiser manter a liderança do ranking. Sua próxima adversária ainda não está definida e sairá do confronto entre a compatriota Lucie Safarova e a norte-americana Coco Vandeweghe.

Se Safarova for a adversária de Pliskova na próxima rodada, a vantagem será da atual líder do ranking, que bateu a compatriota em cinco das sete vezes em que se cruzaram. Já no caso de o duelo ser contra a norte-americana, o histórico mostra igualdade, com dois triunfos da tcheca e outros dois de Vandeweghe.

Pliskova não demorou para tomar as rédeas da partida e começou com tudo, abrindo 4/0 logo de cara. A atleta da casa então conseguiu enfim confirmar o serviço, mas acabou sofrendo outra quebra antes de perder o primeiro set. O ritmo se manteve o mesmo na segunda parcial, com a tcheca dominando e fechando o jogo com direito a “pneu” sobre Brady.

Atual 91 do mundo, a norte-americana não deixará o US Open de mãos abanando. Além dos US$ $253.625 que faturou por ter chegado às oitavas, ela também levará para casa 260 pontos no ranking, que a farão dar um salto de 26 colocações e aparecer na próxima lista como a 65ª do mundo, a melhor marca da carreira até então.

Comentários