Notícias | Dia a dia | US Open
Querrey domina voleios de Mischa e faz quartas
04/09/2017 às 00h55

Americano apostou em devoluções agressivas e aplicou várias passadas no rival

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Em uma verdadeira aula de aplicação tática, Sam Querrey assegurou seu lugar nas quartas de final do US Open. Atuando contra o alemão Mischa Zverev, um dos raros adeptos do estilo de saque e voleio, o norte-americano explorou a principal característica do adversário e deu um festival de passadas na vitória por 6/2, 6/2 e 6/1 em apenas 1h16 de jogo.

Aos 29 anos, Querrey está disputado o US Open pela 11ª vez na carreira e já garantiu seu melhor resultado. Como no ano passado ele havia caído ainda na estreia, o americano só tem a somar e pode até sonhar com uma inédita chegada ao top 10. Atual 21º do ranking, ele tem como melhor marca o 17º lugar, obtido em janeiro de 2011.

Em busca de sua segunda semifinal consecutiva de um Grand Slam, já que também esteve na penúltima rodada em Wimbledon, Querrey terá um duelo de sacadores contra o sul-africano Kevin Anderson, que venceu o italiano Paolo Lorenzi por 6/4, 6/3, 6/7 (4-7) e 6/4. Querrey lidera por 8 a 6 o histórico diante Anderson, contra quem tem uma vitória e uma derrota este ano.

Entre as estatísticas que mais chamam a atenção na rápida partida deste domingo são o aproveitamento de Mischa na rede, com apenas 23 pontos em 48 subidas e o fato de Querrey ter cometido somente sete erros não-forçados. O americano sequer enfrentou break points, ao perder apenas treze pontos nos games de serviço e quebrou seis vezes o saque do rival, com direito a dez winners de devolução.

O evidente domínio com uma quebra e a liderança por 3/0. Querrey só havia perdido quatro pontos nos três primeiros games. Ele pressionou o serviço do alemão no sexto game para ter seis break points, mas só voltaria a quebrar dois games mais tarde. As frequentes passadas continuavam no segundo set, que seguiu em equilíbrio até o empate por 2/2, antes que Querrey quebrasse duas vezes seguidas.

Mischa se queixou de dores no ombro, mas não chegou a pedir os três minutos de atendimento. Entretanto, o alemão parecia completamente entregue. A intensidade do jogador europeu ficou ainda menor quando Querrey levantou um game de 0-30 com quatro aces no início do terceiro set. A partir de então, o jogo seguiu em ritmo protocolar até a vitória do anfitrião.

Comentários