Notícias | Dia a dia | US Open
Carreño encerra festa de Shapovalov em 3 tiebreaks
03/09/2017 às 15h40

Carreño enfrentou quatro qualis em sequência

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) – Acabou neste domingo a festa do jovem canadense Denis Shapovalov no US Open. Vindo do qualificatório, o tenista de apenas 18 anos vinha encantando o público nova-iorquino, mas não resistiu à consistência e firmeza do espanhol Pablo Carreño, que bateu o rival em três tiebreaks, com parciais de 7/6 (7-2), 7/6 (7-4) e 7/6 (7-3).

Primeiro classificado às quartas de final no último Grand Slam da temporada, o espanhol enfim terá pela frente um adversário que não saiu do classificatório, encarando quatro oponentes seguidos vindos desta situação. Cabeça de chave 12, ele espera pelo vencedor do duelo entre o francês Lucas Pouille e o argentino Diego Schwartzman.

Shapovalov não pode reclamar da falta de oportunidades na partida contra Carreño, uma vez que em dois dos três sets disputados ele chegou a ter quebra de vantagem. Na primeira parcial, ele perdeu dois break-points no segundo game e só foi bater o saque do rival no sexto, abrindo 5/2 ao confirmar o serviço na sequência.

Mas quando foi sacar para fechar o set, o jovem canadense vacilou e foi quebrado. Ele ainda teve três set-points no 12º game, mas novamente desperdiçou as oportunidades e acabou castigado ao perder o primeiro dos tiebreaks do jogo. A situação de Shapovalov piorou com a quebra sofrida no começo da segunda parcial, mas ele mostrou força e foi buscar a igualdade.

Pela segunda vez a definição foi para o desempate e novamente Carreño levou a melhor, ampliando a vantagem no placar. Só que o jovem canadense não esmoreceu e largou quebrando no terceiro set, fazendo 3/0. A reação de Shapovalov, contudo, não durou muito e três games depois já estava tudo igual. Em mais um tiebreak, o espanhol tratou de selar a vitória e garantir a vaga nas quartas de um Slam apenas pela segunda vez, igualando o feito deste ano em Roland Garros.

Comentários