Notícias | Dia a dia | US Open
Kvitova e Muguruza esperam jogo duro entre elas
02/09/2017 às 12h56

Kvitova venceu duas e perdeu uma contra Muguruza

Foto: USTA/Darren Carroll

Nova York (EUA) – As oitavas de final da chave feminina do US Open terão uma partida de destaque, na qual estarão frente a frente duas campeãs de Grand Slam. De um lado a bicampeã de Wimbledon, a tcheca Petra Kvitovoa, do outro a espanhola Garbiñe Muguruza, que já venceu uma na grama do All England Club e outra no saibro de Roland Garros.

“Será um jogo duro e muito interessante, pois ela é uma tenista incrível. Já nos enfrentamos antes e cada uma já conseguiu pelo menos uma vitória”, observou a espanhola, que leva a pior no retrospecto, com um triunfo para seu lado e dois para Kvitova, que venceu os embates mais recentes, ambos no ano passado.

“Nos enfrentamos pela última vez em Pequim, ela estava confiante e ia para as bolas. É legal enfrentar alguém que já venceu um Grand Slam, estou ansiosa para este duelo”, afirmou a tcheca, que se mostrou feliz por chegar na segunda semana em Nova York. “Fico feliz por enfrentar uma top 10, pois isso significa que estou indo longe no torneio, mas não ligo muito para isso, pois tudo o que quero fazer é dar o meu melhor e jogar bem”, disse Kvitova.

Atual 14 do mundo, a canhota tcheca começou o ano afastada do circuito depois de ter a mão esfaqueada durante um assalto no fim de 2016 e só voltou em Roland Garros. Logo em seu segundo torneio da temporada, Kvitova sagrou-se campeã, triunfando na grama do Premier de Birmingham.

“Acho que joguei melhor hoje que em Birmingham, estou muito contente com o tênis que mostrei. Meu saque funcionou bem e estava me movimentando bem também. Sabia que seria uma partida dura”, comemorou a tcheca de 27 anos.

Do outro lado, Muguruza vem embalada pelos títulos em Wimbledon e Cincinnati, este último duas semanas antes do US Open, onde não passou da segunda rodada no ano passado. “Acredito que melhorei como tenista, tenho feito ótimas partidas nestas últimas semanas e estou muito confiante”, comentou a espanhola.

Comentários