Notícias | Dia a dia | US Open
Sharapova rebate crítica de Wozniacki e dá indireta
02/09/2017 às 10h13

Sharapova venceu a primeira em sets diretos neste US Open

Foto: USTA/Pete Staples

Nova York (EUA) – Maria Sharapova não deixou passar batida a declaração da dinamarquesa Caroline Wozniacki, que após ser eliminada do US Open reclamou dos privilégios que a organização do torneio tem dado à russa, sempre a colocando nas quadras principais. Ela rebateu a crítica e alfinetou a rival.

“Como vocês sabem, não sou eu que faço a programação. Se você me puser no Queens, em Nova York, estarei feliz por jogar lá. Isso não importa para mim, o que importa é que estou nas oitavas de final e não tenho certeza onde ela está”, rebateu Sharapova após vencer a terceira em Flushing Meadows.

Depois de sofrer para superar as duas primeiras rodadas, precisando jogar três sets em ambas, a ex-número 1 enfim teve um jogo mais tranquilo e derrubou a jovem norte-americana Sofia Kenin em sets diretos. “Fico feliz de ter resolvido tudo em dois sets, isso dá um refresco para o meu corpo”, observou.

“Cometi muitos erros no começo, acho que estava batendo muito cedo na bola, mas fui melhorando com o decorrer da partida”, analisou a russa, que com a vitória na noite desta sexta-feira deve retornar ao top 100 da WTA pela primeira vez desde o seu retorno após o caso de doping.

“Minha meta é continuar vencendo partidas e evoluindo. Mesmo quando eu era mais nova o ranking não era algo que me preocupava tanto, mesmo quando fui número 1 do mundo. Nunca foi meu principal foco. Quanto mais você vence, melhor fica no ranking e essa sim é minha meta”, declarou Sharapova.

A próxima adversária no caminho de Sharapova será a letã Anastasija Sevastova. “Acho que nunca a enfrentei antes e ela está em um grande ano. Vi um pouco de seu jogo hoje, sei que saca bem, devolve muitas bolas e usa bem os slices”, comentou a russa.

Comentários