Notícias | Dia a dia | US Open
Wozniacki dispara contra privilégios a Sharapova
31/08/2017 às 13h05

Wozniacki caiu na segunda rodada em NY

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) – Eliminada na segunda rodada do US Open, a dinamarquesa Caroline Wozniacki não saiu nada contente de quadra e aproveitou para disparar contra os privilégios que a organização do torneio tem dado à russa Maria Sharapova, que entrou na chave com convite e disputou suas duas primeiras partidas no Arthur Ashe Stadium.

“Entendo completamente o lado do negócio, mas você olha para a quadra central e vê alguém que cumpriu uma pena por causa de doping, de drogas usadas para melhorar o desempenho. E ela sempre consegue jogar no palco principal, algo que eu acho questionável de se fazer”, reclamou a dinamarquesa.

“Isso não figura um bom exemplo. Creio que alguém que lutou muito contra uma lesão e está em quinto no mundo, merece jogar em uma quadra maior que a cinco. Acho isso inaceitável”, complementou Wozniacki, derrotada pela russa Ekaterina Makarova na quinta partida desta quarta-feira na quadra 17.

Algoz da atual número 5 do mundo, Makarova terá pela frente a espanhola Carla Suárez, que eliminou a croata Mirjana Lucici-Baroni na segunda rodada. Será a sétima vez que elas medirão forças, com vantagem de 6 a 2 para a espanhola, que tem 3 a 1 no retrospecto em quadras duras.

Comentários