Notícias | Dia a dia | US Open
Monteiro luta por 5 sets, mas não passa da estreia
30/08/2017 às 18h06

Monteiro teve duas vitórias em Grand Slam na temporada

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - A primeira participação de Thiago Monteiro na chave principal do US Open chegou ao fim ainda na primeira rodada. O cearense lutou por cinco sets e 3h44, mas foi eliminado do Grand Slam americano pelo tunisiano de 33 anos Malek Jaziri, 80º do ranking, após a derrota por 7/6 (7-5), 4/6, 6/3, 5/7 e 6/4.

A eliminação desta quarta-feira fecha o ciclo de estreias de Monteiro em Grand Slam. O jovem de 23 anos disputou os quatro maiores torneios do calendária pela primeira vez nesta temporada, chegando a avançar uma rodada em Roland Garros e outra em Wimbledon.

Atual 113º do ranking, o canhoto de Fortaleza receberá dez pontos por ter entrado diretamente na chave. Entretanto, a contagem é igual à do 18º e último resultado válido, o que o impediria de tentar ganhar posições. A melhor marca de sua carreira foi o 74º lugar, alcançado em fevereiro.

O equilíbrio do set inicial aparece no número de pontos, 40 a 39 para Monteiro, após uma quebra para cada lado. Jaziri falhou no momento de sacar para o set, quando vencia por 6/5, enquanto Monteiro cehgou a liderar o tiebreak por 5-3, mas cometeu dois erros não-forçados em momentos decisivos e permitiu que o rival vencesse os últimos quatro pontos da parcial.

No segundo set, Monteiro impôs seu jogo agressivo e foi eficiente nos games de serviço. O cearense só perdeu nove pontos sacando, não enfrentou oportunidades de quebra e conseugiu passar à frente no quinto game. Na hora de fechar o set, o canhoto enfrentou um perigoso 0-30, mas reverteu a situação com uma sequência de ótimos saques. Jaziri foi superior no início do terceiro set, aproveitando a chance de quebrar logo de cara para liderar por 3/0. O tunisiano não teve o serviço ameaçado e voltou a liderar o placar.

Monteiro não foi bem no saque durante a quarta parcial, ao enfrentar sete break points em cinco games de serviço e permitir uma quebra no quinto game. A vitória tunisiana parecia encaminhada até o momento de sacar para o jogo. Jaziri desperdiçou dois match points com duplas-faltas e errou demais para ser quebrado. O veterano voltaria a perder o saque dois games mais tarde e recolocou o cearense no jogo.

Logo na abertura da parcial decisiva, Jaziri apostou nos slices para quebrar o ritmo de Monteiro e ganhou pontos de graça do cearense em erros não-forçados. O cearense aproveitou a inconsistência do adversário no saque para buscar o empate por 3/3, mas perderia o serviço logo na sequência. Novamente, Jaziri encontrou dificuldades no momento de sacar para o jogo e precisou salvar um break point antes definir a vitória.

Comentários