Notícias | Dia a dia | US Open
Kyrgios sente ombro, se irrita e já está fora
30/08/2017 às 15h36

Kyrgios teve campanhas muito ruins nos Grand Slam

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Considerado uma das ameaças para o favoritismo de Roger Federer e Rafael Nadal na parte superior da chave, o temperamental Nick Kyrgios sequer passou da primeira partida no US Open.

O cabeça 14, que vinha do vice-campeonato em Cincinnati, voltou a ter problemas físicos, um fantasma que o persegue por toda a temporada. Mesmo tendo recebido atendimento médico para o ombro direito nos dois últimos sets, não se achou na partida, destruiu raquete e foi eliminado pelo compatriota John Millman, parciais de 6/3, 1/6, 6/4 e 6/2.

Kyrgios completa assim uma sequência tenebrosa de campanhas nos torneios de Grand Slam, tendo perdido nas segundas rodadas do Australian Open e de Roland Garros e na estreia também de Wimbledon.

Aos 28 anos, Millman ocupa apenas o 235º posto do ranking, mas já esteve entre os 60 mais bem classificados. Ele nunca havia vencido uma partida no US Open, tendo atingido as terceiras rodadas de Melbourne e de Wimbledon no ano passado. Seu adversário desta quinta-feira sairá da partida entre Thiago Monteiro e o tunisiano Malek Jaziri.

Comentários