Notícias | Dia a dia | US Open
'O importante foi ganhar o jogo', afirma Nadal
29/08/2017 às 21h59

Espanhol reconhece que o ambiente do estádio fica muito barulhento com o teto

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Depois de vencer seu primeiro jogo no US Open, Rafael Nadal avalia que não fez uma boa partida nesta terça-feira e que, por isso, foi ainda mais importante conseguir o resultado positivo sem maiores sustos.

"O importante foi ganhar o jogo, porque é normal que você se sinta um pouco nervoso e tenha algumas dificuldades no início do torneio. Então importante era passar de fase e foi o que eu fiz hoje", disse Nadal após a vitória por 7/6 (8-6), 6/2 e 6/2 contra o sérvio Dusan Lajovic.

"O início de partida foi difícil. Estava um pouco nervoso depois de uma boa semana de treinos aqui. Eu vinha treinando em um nível muito alto todos os dias, mas hoje eu não joguei nesse nível", acrescenta o número 1 do mundo, que espera por Taro Daniel ou Tommy Paul.

Ainda assim, foi importante ganhar hoje, porque tenho mais um dia para continuar treinando e terei outra chance de jogar melhor no dia seguinte", complementa o jogador de 31 anos.

Em uma terça-feira de muita chuva, o espanhol jogou com o teto fechado no Arthur Ashe Stadium. Ele aprova a novidade, inaugurada no ano passado, mas acredita que o ambiente ainda precisa de melhorias.

"Sendo honesto, a quadra fica um pouco barulhenta (sorrindo). Eu não sei como controlar isso ou como o árbitro pode controlar isso. Mas com o teto fechado tem muito ruído. Eu não conseguia ouvir quando ele batia na bola", explicou.

"A USTA faz uma melhoria incrível para os fãs, para os jogadores, para as emissoras de tv com o teto, e agora podem fazer ainda melhor se conseguirem controlar um pouco mais esse barulho".

Nadal também foi perguntado sobre a desistência de Andy Murray da competição e sobre o fato de o britânico ter feito o anúncio após a divulgação do sorteio. "Eu o vi quando cheguei aqui e falei com ele. Pensei que ele fosse jogar porque ele estava treinando aqui".

"Então foi um pouco estreanho que tenha desistido na manhã seguinte à divulgação da chave. As lesões são ruins para todos e eu sei melhor que todos eles (sorrindo). Então eu desejo a ele uma recuperação rápida e boa. Essa é a coisa mais importante", explicou o espanhol.

"Normalmente você quer continuar treinando, quer continuar até o último momento. Você não desiste no sábado de manhã, você desiste na segunda-feira de manhã ou no domingo à tarde. Ou então, você desiste antes do sorteio. Por isso, eu achei estranho. Mas é claro que ele tem seus motivos para não jogar aqui".

Comentários