Notícias | Dia a dia | US Open
Após início difícil, Nadal embala e vence a primeira
29/08/2017 às 18h09

Nadal perdia a primeira parcial por 5/3, mas avançou em sets diretos

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Em seu primeiro jogo desde que voltou à liderança do ranking, Rafael Nadal estreou com vitória no US Open. Campeão nos anos de 2010 e 2013, o espanhol teve um início de jogo complicado, mas embalou a partir do segundo set e derrotou o sérvio Dusan Lajovic por 7/6 (8-6), 6/2 e 6/2 em 2h16 de partida.

Nadal agora terá um dia de descanso e espera pelo vencedor da partida entre o japonês Taro Daniel e o norte-americano Tommy Paul. O jogo que definirá o próximo adversário do número 1 do mundo é um dos que foram adiados por conta da chuva.

Esta foi a vitória de número 50 na temporada para Nadal. O espanhol é quem mais venceu jogos em 2017, seguido por Alexander Zverev com 47, Dominic Thiem com 41 e Roberto Bautista Agut com 39. Com 84,7% de aproveitamento, ele só fica atrás de Roger Federer, que tem 92% em 38 partidas disputadas.

Lajovic exigiu o máximo de Nadal durante o primeiro set ao explorar o backhand irregular do espanhol para ganhar onze pontos, sendo seis em erros não-forçados e outros cinco em erros forçados. O sérvio foi o primeiro a quebrar ainda no terceiro game, vinha firme nos games de serviço e esteve a dois pontos de fechar o set quando liderava por 5/3.

Sacando para o set, o sérvio optou por uma tática mais conservadora e não teve sucesso. Nadal conseguiu dominar os pontos com o forehand e devolveu a quebra de zero. Em vantagem no início do tiebreak, o espanhol permitiu o empate, mas ganhou pontos importantes em bolas altas no backhand de uma mão do sérvio e ainda contou com um voleio errado do rival para definir o set.

A vantagem do líder do ranking sobre o número 85 ficou evidente no início do segundo set com duas quebras seguidas para o espanhol, que rapidamente passou a liderar por 3/0. O espanhol chegou a perder um game de serviço, mas conseguiu retomar a vantagem de imediato.

Com dois sets na conta, o número 1 do mundo viu o rival cada vez menos paciente e ganhava cada vez mais pontos de graça. O sérvio cometeu nove erros não-forçados na terceira parcial. Nadal quebrou logo de cara e chegou a salvar três break points na sequência, mas depois disso ele só perdeu mais dois pontos em seus games de serviço para consolidar a vitória.

Comentários