Notícias | Dia a dia | US Open
Halep: 'Não tenho muito a dizer, dei tudo que podia'
29/08/2017 às 10h15

Halep segue sem conseguir vencer Sharapova

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) – Uma das candidatas na briga pelo número 1 do mundo neste US Open, a romena Simona Halep caiu fora da briga prematuramente. Ela teve uma estreia muito dura e logo na competição encarou a russa Maria Sharapova, que acabou levando mais uma vez a melhor no duelo entre as duas.

Apesar da frustração pela eliminação precoce, a romena não lamentou o seu desempenho dentro de quadra e garantiu ter dado o seu máximo. “Não tenho muito a dizer, estou triste por ter perdido esta partida, mas sei que dei tudo o que podia e ela foi melhor, principalmente no saque, em que fui muito mal hoje”, analisou Halep.

Depois de ter um set e uma quebra de desvantagem, a atual número 2 do mundo obteve uma reação, mas não o suficiente para conseguir a virada. “Continuei lutando e passei a jogar melhor com o decorrer da partida, recobrando minha confiança. Não posso dizer que não fiz tudo o que podia, apenas lamento o meu saque, que estava ruim”, explicou.

“Não parecia em nada uma partida de primeira rodada, mas o sorteio foi assim, é uma questão de sorte. Foi um jogo duro para a estreia, não joguei mal, mas ela foi muito bem. Os fãs puderam ao menos ver um ótimo duelo”, comentou a romena, que falou também sobre a longa ida de Sharapova aos vestiários na virada do segundo para o terceiro set.

“Ela sempre faz isso. Já estou acostumada, pois nos enfrentamos outras vezes. É uma coisa dela e não tenho o que comentar”, resumiu Halep, que amargou sua sétima derrota seguida para Sharapova, contra quem ainda não conseguiu uma vitória sequer.

A romena garantiu que não foi surpreendida pelo jogo da russa e que esperava justamente o que encontrou do outro lado da quadra. “Esperava ela batendo todas as bolas, pois fisicamente eu poderia ter vantagem, já que vinha jogando constantemente e ela não. Ainda mais na disputa de longos ralis”, encerrou a atual vice-líder da WTA.

Comentários