Notícias | Dia a dia | US Open
Cilic tem altos e baixos, mas retorna com vitória
28/08/2017 às 17h05

Cilic fez seu primeiro jogo desde a final de Wimbledon

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Em seu primeiro compromisso desde a final de Wimbledon, Marin Cilic passou por altos e baixos em sua estreia no US Open, mas nunca esteve com a vitória verdadeiramente em risco. O croata precisou de 2h47 para vencer o anfitrião Tennys Sandgren, 106º do ranking, por 6/4, 6/3, 3/6 e 6/3.

Cilic não jogou os Masters 1000 de Toronto e Cincinnati por conta de uma lesão no adutor e sentiu a falta de ritmo no primeiro jogo em praticamente dois meses. O campeão de 2014 terminou a partida com 55 winners e 57 erros não-forçados.

Número 7 do mundo e cabeça 5 em Nova York, Cilic acabou sendo movido para a extremidade da chave que antes era ocupada pelo vice-líder do ranking Andy Murray. O croata de 28 anos agora enfrentará o alemão Florian Mayer, contra quem tem três vitórias e duas derrotas.

Primeiro a quebrar, Cilic chegou a liderar o set inicial por 5/2, permitiu uma reação do rival, voltaria a conseguir uma quebra no décimo game. O croata perdeu o saque na abertura da parcial seguinte, mas buscou a igualdade de imediato e venceu quatro games seguidos.

O terceiro set foi o momento mais difícil para Cilic, que cometeu 23 erros não-forçados em toda a parcial. O croata começou perdendo por 3/0 e não aproveitou as chances de devolver a quebra quando o rival sacava para o set. Já a parcial seguinte seguiu equilibrada até que o top 10 quebrasse no oitavo game e confirmasse a vitória logo depois.

Outro cabeça de chave a vencer em quatro sets foi John Isner. Décimo favorito, o norte-americano derrotou o francês Pierre-Hugues Herbert por 6/1, 3/6, 4/6 e 6/3. Seu próximo adversário será o sul-coreano Hyeon Chung que venceu o canhoto argentino Horacio Zeballos por 3/6, 7/6 (10-8), 6/4 e 6/3.

Comentários