Notícias | Dia a dia | US Open
Rogerinho desperdiça bom começo e cai em NY
28/08/2017 às 14h47

Rogerinho aproveitou apenas 5 de 21 chances de quebra na partida

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Altos e baixos custaram a queda logo na primeira rodada do US Open ao paulista Rogério Silva. O paulista de 33 anos dominou o primeiro set antes de permitir reação, depois deu até 'pneu' mas variou muito na intensidade e acabou eliminado pelo experiente alemão Florian Mayer, por 7/5, 0/6, 6/3 e 6/4.

Esta foi a quinta participação de Rogerinho no US Open. Nas três primeiras, entre 2011 e 2013, ele sempre passou da primeira rodada. Vivendo sua melhor temporada no circuito, o paulista venceu uma partida no Australian Open e em Roland Garros, mas caiu nas estreias de Wimbledon e US Open.

"Foi um pouco frustrante, senti que joguei bem e a vitória poderia ter ido para qualquer lado", analisou Rogerinho para o SporTV.  "Nos pontos importantes, ele jogou bem. Acho que faltou para mim jogar melhor nas horas importantes e ter aproveitado as chances quando reagi".

A derrota deve custar pelo menos três posições no ranking para Rogerinho. Atual 68º, ele deixará o top 70 e poderá perder a condição de número 1 do país caso Thomaz Bellucci ganhe sua partida de estreia no US Open desta terça-feira diante do alemão Dustin Brown.

Muito à vontade no começo da partida, Rogerinho chegou a ter 5/4 e saque para fechar o primeiro set, mas o alemão ousou e conseguiu reagir. Caiu então de produção e ganhou apenas cinco pontos em todo o segundo set. Rogerinho não aproveitou o embalo e desperdiçou sucessivas chances de quebra no terceiro set.

Usando suas bolas mais retas e tentando sempre ir à rede, Mayer teve quebra à frente no quarto set até que Rogerinho igualou tudo no oitavo game. Uma dupla falta cruel custou o serviço em momento delicado e aí o ex-top 18 não vacilou.

Rogerinho embolsou US$ 50 mil com a queda na primeira rodada e segue em Nova York para a chave de duplas, onde atuará ao lado do italiano Paolo Lorenzi. Ele aguarda ainda convocação para a repescagem da Copa Davis que acontecerá no Japão entre 15 e 17 de setembro.

Comentários