Notícias | Dia a dia | US Open
Murray volta a sentir quadril e desiste do US Open
26/08/2017 às 16h25

Problema do quadril continua a incomodar Murray

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Mesmo depois de ter sido indicado como cabeça 2, o escocês Andy Murray desistiu de competir no US Open deste ano. O ex-líder do ranking anunciou a ausência de última hora neste sábado depois de ter feito “todos os esforços” para retornar ao circuito.

Murray vem sentindo problemas no quadril desde o começo da temporada e jogou Wimbledon com evidente esforço. Depois disso, tem passado por diversos exames, não competiu em Montréal nem em Cincinnati, mas chegou a ir até Nova York, onde treinou nos últimos dias.

"O quadril não está suficientemente bem para eu poder ganhar o torneio e era para isso que estava aqui”, alegou. Quanto ao resto da temporada, Murray diz que tomará uma decisão “nos próximos dias”, precisando de mais algum tempo para avaliar a situação.

A saída do cabeça 2 forçará mudanças na chave principal, já que o torneio ainda não foi iniciado. Com isso, o croata Marin Cilic, que era o cabeça 5, ocupará o lugar deixado por Murray. Por sua vez, o norte-americano Sam Querrey, que figurava como 17º favorito, ocupará o lugar de Cilic e por fim o alemão Philipp Kohlschreiber ganha condição de cabeça.

Além de perder o terceiro lugar do ranking para o suíço Roger Federer, já que defende pontos do ano passado, Murray corre risco de ser mais um tenista a abandonar a temporada, seguindo os passos do sérvio Novak Djokovic e do suíço Stan Wawrinka.

Comentários