Notícias | Outros
Wild, Décamps e Pedretti entram no juvenil em NY
23/08/2017 às 20h07

Wild estará entre os principais cabeças de chave

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Três nomes na nova geração brasileira entraram diretamente nas chaves juvenis de simples do US Open, que começa no dia 4 de setembro. No masculino, o paulista Gabriel Décamps e o paranaense Thiago Wild conseguiram vagas, enquanto a paulista Thaísa Pedretti será a única representante no feminino.

O qualificatório que acontece nos dias 1 e 2 de setembro deverá ter mais três brasileiros, os paulistas Igor Gimenez e Matheus Pucinelli e o pernambucano João Lucas Reis. O brasiliense Gilbert Klier precisa de quatro desistências para entrar no quali, mesma situação da paranaense Vitoria Okuyama.

Antes do Grand Slam americano, os juvenis brasileiros participam de dois torneios preparatórios. Nesta semana acontece o ITF G1 de Maryland, enquanto na semana que vem haverá mais um ITF G1 na cidade canadense de Quebec.

Em Maryland, Matheus Pucinelli se destacou com duas vitórias. O paulista de 16 anos estreou vencendo o norte-americano Sebastian Mermersky por 6/4 e 6/0. Depois, ele surpreendeu o cabeça 6 sul-coreanao Uisung Park por 7/6 (7-5), 4/6 e 6/4. Pucinelli caiu nas oitavas com derrota para o americano Alafia Ayeni por 6/4, 6/7 (5-7) e 6/4.

Wild perdeu por 7/6 (7-5), 2/6 e 7/6 (9-7) para o americano Brian Shi, Klier caiu diante do cabeça 7 local Sebastian Korda por 6/0 e 6/1, Reis perdeu por 6/2 e 6/1 para o segundo favorito americano Trent Bryde, Gimenez sofreu 6/3 e 7/6 (10-8) do atleta da cas Sangeet Sridhar, enquanto Manoel Felipe de Alencar furou o quali, mas caiu para o convidado Triniy Grear por 6/4 e 6/1.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis