Notícias | Dia a dia
Shapovalov: 'Minha vida mudou nos últimos dias'
13/08/2017 às 10h48

Shapovalov dará enorme salto no ranking da ATP

Foto: Divulgação

Montréal (Canadá) - Sensação do Masters 1000 de Montréal, o jovem canadense Denis Shapovalov aproveitou a semana dentro de casa para desabrochar para o circuito, conseguindo uma campanha excelente na competição. Ele foi até as semifinais com direito a duas excelentes vitórias, sobre rivais do porte do argentino Juan Martin del Potro e do espanhol Rafael Nadal.

"Eu mal consegui realizar que viu dar um enorme salto de 114º para 67º. Minha vida inteira mudou nestes últimos dias. É uma coisa louca ver como as coisas acontecem no tênis. Terei que me modificar um pouco e me adaptar a essa nova realidade", comentou o canadense de apenas 18 anos, que ganhará 76 lugares no ranking com a campanha em Montréal.

Shapovalov revelou surpresa com a atenção que teve durante a semana da mídia de seu país. "Não esperava ver o meu nome na TV a cada dois minutos. Pensava 'ok, gente, já foi o suficiente'. Foi uma mudança grande sair de ser apenas um juvenil e ver que as pessoas já consideram que eu fiz a transição", observou.

"Esta semana é apenas um passo pequeno em uma temporada toda, ainda tenho muito no que trabalhar. Há muitos aspectos do meu jogo que preciso melhorar. Sou feliz por vir de uma família humilde, que me mostrou que a vida não é fácil. Não temos uma vida terrível, mas uma vida em que se precisa trabalhar para conseguir as coisas. Meus pais sempre me ajudaram a ter os pés no chão", disse Shapovalov.

O jovem canadense gostou do que conseguiu fazer em Montréal, mas sabe que ainda tem um longo caminh pela frente no circuito. "Vi que sou capaz de dar trabalho a esses caras. Sinto que estou evoluindo a cada semana. Tenho jogado muito bem, mas também trabalho muito com Marty (Laurendeau). É um ano de transição para mim e tenho que melhorar muito se quiser buscar o top 50, top 20 ou top 10", finalizou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis