Notícias | Top Spin
Pai de Philippoussis pode pegar prisão perpétua
28/07/2017 às 13h53

Nikolaos é acusado de abuso de menores

Foto: Arquivo

San Diego (EUA) - O pai do ex-tenista profissional australiano Mark Philippoussis alegou inocência da acusação de ter molestado duas meninas de apenas 9 anos de idade durante as aulas particulares que ele dava.

Nikolaos Philippoussis, de 68 anos, é acusado de abusar sexualmente das menores por mais de um ano, com tudo começando em junho de 2016. Ele pode até pegar prisão perpétua se for considerado culpado.

Os promotores alegaram que os encontros aconteciam em sua casa, dentro do seu carro, em um clube de campo em San Diego. Ele foi preso na última terça-feira e viu sua fiança, que originalmente estava nos US$ 2,5 milhões subir para US$ 9,2 milhões.

Cidadão australiano, Nikolaos foi ordenado a entregar o seu passaporte se for pagar a fiança, mas o advogado disse ao San Diego Union-Tribune que isso não irá acontecer. Philippoussis acompanhou o pai durante a audiência e preferiu não comentar o assunto.

O pai de Philippoussis foi seu treinador durante boa parte da carreira. Mark tem em seu currículo dois títulos de Grand Slam, foi top 10, chegando a ocupar a oitava colocação no ranking, e ajudou a Austrália a vencer dois títulos de 1999 e 2003 da Copa Davis.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis