Notícias | Dia a dia
Pliskova lidera e Muguruza salta para quinto lugar
17/07/2017 às 08h33

Muguruza voltou ao top 5 com o título de Wimbledon

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - O ranking feminino teve muita movimentação depois de Wimbledon, a mais importante delas a da tcheca Karolina Pliskova, que se beneficiou com a queda de duas posições da alemã Angelique Kerber, assumindo a liderança pela primeira vez na carreira. A segunda colocada é a romena Simona Halep, que ficou a um set da ponta em Wimbledon, mas levou a virada da local Johanna Konta e adiou o sonho do número 1.

A britânica foi até as semifinais no All England Club e com isso ganhou três lugares na WTA, chegando ao quarto posto no ranking, o melhor da carreira. Logo atrás dela aparece a campeã do último fim de semana, a espanhola Garbiñe Muguruza, que saltou 10 colocações, voltou ao top 5 e agora a é quinta do mundo.

Vice-campeã em Wimbledon, a norte-americana Venus Williams ganhou duas colocações, retornou ao top 10 e agora é a nona melhor do ranking. Já a irmã mais nova Serena, que defendia o título, amargou uma queda de 11 lugares e foi para a 15ª posição. Ela não figurava fora do top 10 desde o começo de março de 2012, quando era a 12ª, e não ocupava uma posição tão baixa desde agosto de 2011.

Maior surpresa no terceiro Grand Slam da temporada, a eslovaca Magdalena Rybarikova viu sua campanha de semifinalista no torneio lhe render muitas posições no ranking. Ela deu um salto de 54 lugares na lista da WTA e aparece nesta segunda-feira como a 33ª do mundo, ainda dois postos abaixo do melhor da carreira, o 31º obtido em agosto de 2013.

A jogadora que mais terreno perdeu entre as top 100 foi a cazaque Yaroslava Shvedova, que caiu 33 lugares e agora é 83ª. As russas Ekaterina Makarova e Ekaterina Alexandrova também se deram mal, a primeira perdeu 12 posições e foi para o 59º posto, ao passo que a outra desceu 17 colocações e está na 92ª.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis