Notícias | Dia a dia
Novo nº 1 do Brasil, Rogerinho bate melhor ranking
17/07/2017 às 07h59

Rogerinho ganhou cinco colocações na ATP

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - A segunda-feira coroou o grande momento do paulista Rogério Silva de maneira dobrada no ranking. O primeiro motivo para comemorar é o fato de ter ganhado cinco lugares na lista da ATP, subindo para o 64º lugar, o melhor da carreira até então.

Para completar a festa, Rogerinho também assumiu o posto de número 1 do Brasil, se beneficiando da queda do também paulista Thomaz Bellucci, que perdeu 10 postos e está um atrás do compatriota, ocupando agora a 65ª posição.

Os dois melhores brasileiros na ATP estão separados por apenas seis pontos e a situação pode mudar nesta semana. Bellucci tenta recuperar colocações jogando no ATP 250 de Bastad e pode ultrapassar Rogerinho, que está no ATP 250 de Umag, se fizeram campanhas semelhantes, desde que passem pela estreia.

Má notícia nesta segunda teve o cearense Thiago Monteiro, que saiu do top 100 após perder três colocações e ir para o 103º lugar. Para piorar, ele defende pontos nesta semana e pode cair pelo menos mais 12 posições, tentando somar em Bastad para evitar nova queda.

Na contramão aparece o paulista João "Feijão" Souza, que foi vice-campeão no challenger de Medellín no último fim de semana e graças a sua campanha no saibro colombiano ganhou 13 postos no ranking, indo para 137 do mundo. Ele joga agora o challenger de Scheveningen e pode ganhar mais 15 lugares mesmo se parar na estreia.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis