Notícias | Dia a dia | Wimbledon
'Nada indica que Federer envelhece', afirma Berdych
15/07/2017 às 09h59

Berdych amargou mais uma derrota para Federer

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Mais uma vez o tcheco Tomas Berdych não conseguiu superar o suíço Roger Federer. Nesta sexta-feira eles travaram o 25º duelo entre eles e o tenista da Basileia ampliou sua marca positiva no retrospecto, anotando a 19ª vitória e eliminando o rival nas semifinais de Wimbledon.

Resignado com a derrota, o tcheco tratou de elogiar seu algoz na grama do All England Club. "Nada indica que Roger Federer esteja ficando velho ou diminuindo o ritmo, isso só prova sua grandeza neste esporte e isso é tudo o que eu posso falar sobre ele", comentou Berdych, que também falou sobre as pausas do suíço nestes últimos tempos.

"Não é uma questão apenas de descanso, se eu ficar seis meses parado não vou consegui voltar neste mesmo nível, As coisas não funcionam igual para todo mundo", analisou o tcheco, lembrando dois seis meses em que Federer ficou parado no segundo semestre do ano passado e também do descanso que teve ao não disputar Roland Garros.

Sobre o próprio desempenho na partida, Berdych se mostrou satisfeito e garantiu sair contente com o que apresentou em Wimbledon. "Acho que joguei um grande tênis durante todo o torneio e infelizmente enfrentei um cara que estava jogando seu melhor", finalizou o tcheco, que apesar da semifinal não vai subir no ranking e permanecerá como o 15º do mundo.

Comentários