Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Cilic: 'Preciso escalar uma montanha na final'
14/07/2017 às 19h23

Croata tentará a segunda vitória em oito jogos contra o suíço

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - A uma vitória de conquistar seu primeiro troféu em Wimbledon e o segundo em Grand Slam na carreira, Marin Cilic sabe o tamanho da missão que terá no próximo domingo às 10h (de Brasília), quando enfrenta Roger Federer na decisão. O croata tem apenas uma vitória em sete duelos anteriores contra o suíço, que é sete vezes campeão de Wimbledon e ainda não perdeu sets na competição.

"É uma grande montanha para escalar. Talvez Roger esteja jogando o melhor tênis de sua carreira e vive uma ótima temporada", disse Cilic após a vitória por 6/7 (6-8) 6/4 7/6 (7-3) e 7/5 contra o norte-americano Sam Querrey.

"Aqui em Wimbledon, acredito que ele sente em casa. Este é o lugar onde se sente o melhor e sabe que ele pode jogar seu melhor tênis", acrescenta o número 6 do mundo, que pode entrar no top 5 se for campeão.

O jogador de 28 anos lembra que esteve a um ponto de surpreender o suíço no ano passado, quando eles se enfrentaram nas quartas de final, mas permitiu a virada em um duelo de cinco sets. Daquela partida, ele diz que tirou lições importantes e tenta pegar os pontos positivos para ter confiança na vitória.

"Doze meses atrás, eu estava a um ponto de ganhar uma partida aqui contra ele. Então, definitivamente, acredito em minhas próprias habilidades para ganhar", disse Cilic, que chegou a vencer os dois primeiros sets do confronto realizado em 2016.

"Eu diria que agora estou em uma forma melhor, talvez um pouco mais forte mentalmente e talvez tenha aprendido mais algumas lições valiosas", acrescentou o croata, que conquistou sua única vitória sobre o suíço na semifinal sua campanha vitoriosa no US Open de 2014.

"Ganhar Wimbledon seria a realização de um sonho. Quando ganhei o US Open, muitas possibilidades se abriram em minha mente para o resto da minha carreira. Se eu for capaz de conquistar um título de Grand Slam novamente significaria ainda mais".

Comentários