Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Muguruza tem Conchita como trunfo para a final
13/07/2017 às 20h57

Muguruza tenta ser a segunda espanhola a conquistar Wimbledon

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Dois anos depois de ficar com o vice-campeoanto em Wimbledon, Garbiñe Muguruza está de volta à decisão no Grand Slam britânico e aposta na parceria com a campeã de 1994 Conchita Martínez para se tornar a segunda espanhola a conquistar o título. Muguruza decide Wimbledon no próximo sábado contra Venus Williams.

"Acho que ela está me ajudando a lidar com o estresse do torneio, porque é uma competição longa", disse Muguruza, que não pode contar com seu treinador habitual, o francês Sam Sumyk, e convidou Conchita para treiná-la em Wimbledon.

"Já estamos aqui há algum um tempo. Então, você joga um dia sim e um dia não. E ela sabe como me preparar, como treinar e o que fazer", acrescentou a espanhola de 23 anos, que luta por seu segundo troféu de Grand Slam, depois de ter conquistado Roland Garros no ano passado.

"Não que eu esteja fazendo algo diferente, honestamente. Master ela ao meu lado me dá também pouco confiança em estar com alguém que já ganhou antes. Eu perdi a final dois anos atrás, então espero que ela possa me dizer algo. Ela sabe como ganhar aqui", comenta a ex-número 2 e atual 15ª do ranking, que pode voltar ao top 5 com título.

Muguruza também falou sobre a rápida semifinal desta quinta-feira, quando venceu a eslovaca Magdalena Rybarikova por duplo 6/1 em 1h04 de partida. "Eu não esperava vencer dessa forma, porque eu vi que estava jogando bem e é muito talentosa. Entrei em quadra super-confiante e tudo correu muito bem".

"Talvez o placar pareça mais fácil do que realmente foi o jogo durante os games. Quando você está lá dentro de quadra, mesmo que o placar esteja 6/1 e 4/1, você nunca pode relaxar, não importa o que aconteça. Mesmo que estivesse 6/1 e 5/0, não importaria".

Comentários