Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Semifinal de duplas pode levar Melo de volta ao nº 1
12/07/2017 às 10h42
Publicidade
Publicidade

Melo assumirá a ponta se for para a final

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Não bastasse valer a vaga na decisão de Wimbledon, torneio favorito do mineiro Marcelo Melo, sua semifinal contra o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers também colocará em jogo a liderança do ranking individual de duplas.

Atual número 3 do mundo, Melo voltará a ser o número 1 do mundo se vencer ao lado de Lukasz Kubot e for para sua segunda final da carreira na grama do All England Club. Já em caso de vitória de Kontinen e Peers, a ponta do ranking seguirá nas mãos do finlandês.

O duelo também vale bastante para Kubot, que está subindo por hora para o sexto lugar no ranking, o melhor da carreira, mas que pode pular para o quarto posto se for para a final. O polonês, contudo, não subirá mais do que isso mesmo com o título.

Em contrapartida, a conquista de Wimbledon pode valer o retorno de Kontinen e Peers para a liderança da corrida da temporada. Eles estão atrás de Melo e Kubot e precisam ser campeões em Wimbledon para voltarem a comandar a corrida para o ATP Finals.

Do outro lado, o mineiro e o polonês podem garantir matematicamente a vaga no Finals de Londres se forem campeões do segundo Grand Slam da temporada. O mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray permanecerão em terceiro na corrida apesar da queda na segunda rodada no All England Club.

Comentários