Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Venus acaba com festa de Ostapenko e faz 10ª semi
11/07/2017 às 12h18

Venus pode se tornar a mais velha campeã do torneio

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Em sua 20ª aparição na chave de Wimbledon a norte-americana Venus Williams já garantiu ao menos as semifinais. Indo tão longe pela 10º vez na grama do All England Club, sua última vítima foi a jovem letã Jelena Ostapenko, que viu ruir sua sequência de vitórias em Grand Slam e acabou derrotada em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/5, em 1h13 de jogo.

Mais velha entre todas as 128 jogadoras que começaram a disputa na semana passada, Venus terá como adversária nas semifinais a vencedora do duelo entre a britânica Johanna Konta e a romena Simona Halep, que pode assumir a liderança do ranking se vencer a atleta da casa. Ela tem desvantagem no retrospecto com Konta (2 a 3) e vantagem contra Halep (3 a 1).

Com 37 anos e 29 dias, Venus se tornou a terceira jogadora com mais idade a ir tão longe em Wimbledon, ficando atrás da tcheca naturalizada norte-americana Martina Navratilova, finalista em 1994, quando tinha 37 anos e 258 dias, e da norte-americana Billie Jean King, semifinalista em 1983, com 39 anos e 223 dias.

Vinda do título de Roland Garros, Ostapenko somava 11 vitórias seguidas em Slam, mas viu a sequência acabar nesta terça-feira quando encarou uma jogadora 17 anos mais velha e com um currículo invejável em Wimbledon, onde faturou cinco títulos. Venus deu poucas chances à letã de 20 anos no primeiro set, anotou uma quebra logo no começo e com ela foi até o fim.

Depois de abrir 1 a 0, a norte-americana pareceu que venceria fácil também o segundo set, já que abriu 3/1 de cara. Só que Ostapenko mostrou sua força e devolveu o break no sexto game, deixando o duelo parelho até o 11º, quando ela sacou em 5/5, perdeu o serviço e viu Venus sacramentar a vitória em seguida.

Comentários