Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Federer bate Dimitrov e chega à 50ª quartas em Slam
10/07/2017 às 14h58

Federer chegou à marca de 15 quartas em Wimbledon

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Assim como fez nas outras cinco vezes que encarou o búlgaro Grigor Dimitrov, o suíço Roger Federer levou a melhor contra o rival, anotando parciais de 6/4, 6/2 e 6/4, em 1h37 de partida. Com o resultado desta segunda-feira, ele se isolou como o jogador que mais vezes chegou às quartas de final pela 50ª vez em um Grand Slam.

Recordista em quartas nos principais torneios do circuito, Federer tem boa vantagem para o segundo colocado, o norte-americano Jimmy Connors, que ficou entre os oito melhores 41 vezes. Entre os jogadores em atividade o sérvio Novak Djokovic é o mais próximo, aparecendo na terceira colocação com 38 e podendo chegar a 39 se vencer o francês Adrian Mannarino.

O próximo obstáculo no caminho do tenista da Basileia sairá do confronto entre o jovem alemão Alexander Zverev e o canadense Milos Raonic, seu algoz na grama do All England Club no ano passado. Nos três duelos que teve com o germânico de 20 anos, Federer venceu dois e perdeu um (Halle-2016), já contra o canadense a vantagem no retrospecto é de 9 a 3.

Federer se isolou como o recordista de quartas em Wimbledon na Era Aberta. Ele estava empatado com Connors, ambos com 14, mas agora o suíço lidera sozinho com 15. O terceiro da lista é o alemão Boris Becker, seguido pelo britânico Andy Murray, que com a vitória sobre o francês Benoit Paire chegou a marca de 10 quartas no All England Club.

Como de costume Dimitrov fez um jogo equilibrado com Federer, mas repetindo os outros encontros não manteve o nível nos pontos importantes. O primeiro set foi aquele em que o búlgaro mais deu trabalho, já que manteve a igualdade até o 4/4, sendo quebrado então no nono game. Na sequência, o suíço confirmou o serviço e tratou de largar na frente.

A segunda parcial acabou sendo a mais desequilibrada, com Federer deslanchando depois do 2/2, fazendo quatro games seguidos para ampliar a vantagem. Na terceira parcial, o suíço quebrou no quinto, viu Dimitrov devolver o break no oitavo, mas logo em seguida novamente bateu o saque do rival, sacando em 5/4 para sacramentar a vitória e a vaga nas quartas.

Comentários