Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Wimbledon só jogou aos domingos quatro vezes
09/07/2017 às 13h03

Pessoas chegam de madrugada e ficam horas na fila, na tentativa de comprar ingressos diariamente

Foto: Arquivo
Suely Kawana

Como não houve chuva significativa na primeira semana e qualquer atraso na programação, Wimbledon manteve a tradição de não realizar rodada no domingo que divide as duas semanas de competição, o chamado 'Middle Sunday'.

Reforçado pela ideia de que domingo é um dia dedicado ao descanso e ao culto religioso, o torneio também aproveita o intervalo para recuperar suas instalações e principalmente ajeitar as quadras. O replantio de grama é impossível, mas cuida-se ao menos de compactar melhor o solo e consertar desvios.

O forte calor da primeira semana, com clima mais quente e seco que o normal, provocou desgaste excessivo das quadras nesta edição e houve diversas reclamações entre os jogadores, que têm achado o piso cada vez mais escorregadio e irregular.

Em toda sua história, iniciada em 1877, Wimbledon só abriu exceção e realizou rodadas no 'Middle Sunday' por quatro vezes, todas bem recentes: 1991, 1997, 2004 e no ano passado. A medida sempre forçada pelo atraso exagerado das rodadas provocado pela chuva.

A possibilidade de haver jogos no dia extra criou outra expectativa no torneio, o chamado 'People's Sunday'. Como todos os ingressos são vendidos por sorteio com quase um ano de antecedência, apenas pequenos lotes de até 500 entradas ficam disponíveis diariamente na bilheteria do Club, provocando imensas filas.

A disputa de uma rodada não programada, no entanto, força a venda aberta de ingressos. No ano passado, foram colocados à disposição 22 mil ingressos, sendo 10 mil para a Quadra Central ao valor de 70 libras; outros 8 mil para a Quadra 1, a 40 libras; e mais 4 mil para demais quadras, a 20 libras. Esgotaram-se em apenas 27 minutos.

Comentários