Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Após declaração desastrada, Tomic perde patrocínio
06/07/2017 às 11h48

Tomic também levou uma multa pela declaração

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Não passou batida a declaração do australiano Bernard Tomic, que após a eliminação na primeira rodada de Wimbledon disse ter se sentindo entediado durante a partida. Além de levar uma multa de US$ 15 mil, ele também viu seu patrocínio com a Head, empresa austríaca de raquetes, ser rompido.

"Estamos extremamente desapontado com as declarações de Bernard Tomic, um de nossos atletas, em Wimbledon. Sua opinião não reflete nossa atitude com o tênis, nossa paixão, nosso profissionalismo e respeito com o jogo. Por isso, decidimos descontinuar nossa colaboração com ele", disse a marca através de comunicado.

Vale lembrar que a mesma Head se manteve ao lado da russa Maria Sharapova à época da divulgação do doping da ex-número 1 do mundo, alegando que o que ocorreu com a jogadora foi um acidente, caso diferente do que aconteceu com Tomic.

"Eu já não me importo se vou às quartas de final no US Open ou perco na primeira rodada em qualquer torneio. Para mim, tudo é a mesma coisa. Vou jogar por mais uns 10 anos e sei que depois que encerrar minha carreira eu nunca mais vou precisar trabalhar novamente", falou o australiano após a queda em Wimbledon.

Além de se dizer entediado com o jogo, Tomic também admitiu ter pedido atendimento médico mesmo sem estar machucado, apenas para tentar frear o bom momento do rival.

Comentários