Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Tsonga e Querrey confirmam duelo, Muller escapa
05/07/2017 às 11h26

Estilo versátil, Querrey é um adversário perigoso na grama

Foto: ATP

Londres (Inglaterra) - O primeiro grande duelo de terceira rodada já está marcado para Wimbledon. O francês Jo-Wilfried Tsonga despachou com autoridade o italiano Simone Bolelli, por 6/1, 7/5 e 6/2, e vai encarar o norte-americano Sam Querrey, que suou mais diante do georgiano Nikoloz Basilashvili, com placar de 6/4, 4/6, 6/3 e 6/3.

Tsonga anotou sua 30ª vitória em 39 jogos em Wimbledon, onde já esteve em duas semifinais. O número 10 do ranking não havia perdido sets para Bolelli nos dois duelos anteriores e mostrou toda soberania num ainda mais veloz como a grama. Esta foi sua partida de número 600 da carreira e a 13ª vez que elimina um adversário vindo do qualificatório em Grand Slam.

Querrey por sua vez atinge a terceira rodada do torneio apenas pela quarta vez em 10 participações. No ano passado, foi até as quartas depois de surpreender o então número 1 Novak Djokovic. O norte-americano no entanto não vem bem nos preparatórios, tendo caído na estreia de Eastbourne e nas quartas de Queen's.

Tsonga lidera o duelo direto entre ambos com boa margem: 4 a 1, mas na única vez que se cruzaram em Wimbledon, em 2014, o francês só venceu com 14/12 no quinto set.

Quem escapou por pouco foi o canhoto Gilles Muller, campeão na Holanda e semi em Queen's. Ele salvou dois match-points no quinto set antes de eliminar o tcheco Lukas Rosol, que ficou famoso ao tirar Rafael Nadal em 2012, com duras parciais de 7/5, 6/7 (7-9), 4/6, 6/3 e 9/7, após 3h37.

O luxemburguês disparou 45 aces, venceu 87% dos pontos com seu primeiro saque e iguala assim sua melhor campanha em Wimbledon. Seu adversário será o local Aljaz Bedene, número 58 do ranking, que eliminou o bósnio Damir Dzumhur, por 6/3, 3/6, 6/3 e 6/3. Bedene nunca havia atingido a terceira rodada de Wimbledon.

Comentários