Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Nadal passa tranquilo por australiano na estreia
03/07/2017 às 13h35

Nadal comemora a vitória número 850 da carreira

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Em seu primeiro jogo oficial desde o título de Roland Garros, Rafael Nadal estreou com boa vitória em Wimbledon. O espanhol, que havia jogado apenas duas partidas de exibição na grama durante a preparação para o Grand Slam britânico, derrotou o australiano John Millman, 137º do ranking, por 6/1, 6/3 e 6/2 em 1h45 de partida.

Em sua 12ª participação em Wimbledon, Nadal foi onze vezes à segunda rodada, já que a única vez que ele perdeu na estreia foi em 2013. Seu próximo adversário é o canhoto norte-americano Donald Young, 43º do ranking, que vencia o uzbeque Denis Istomin por 5/7, 6/4, 6/4 e 4/2, quando o rival abandonou.

Esta é a vitória de número 850 na carreira de Nadal. O espanhol de 31 anos é apenas o sétimo jogador na história a atingir essa marca, juntando-se a Jimmy Connors, Roger Federer, Ivan Lendl, Guillermo Vilas, John McEnroe e Andre Agassi.

Desde os primeiros games, Nadal já mostrava sua superioridade e o fato de o rival não ter um grande jogo na rede e permanecer mais no fundo de quadra deixou o espanhol em situação muito confortável. Um exemplo disso é a diferença no número de winners, 33 a 11 para o espanhol, sendo que o número de erros foi próximo, 18 para o espanhol e 17 do australiano.

Nadal quebrou logo no game de abertura e teve break points em todos os games de serviço de Millman durante o primeiro set. Na única vez que o australiano conseguiu confirmar o saque, foi preciso evitar quatro oportunidades de quebra.

Depois de ter anotado nove winners no set inicial, Nadal aumentou a contagem para onze ao longo da parcial seguinte, enquanto seu adversário anotou apenas duas bolas vencedoras. Quando perdia por 3/1, Millman chegou a devolver a quebra, mas voltaria a perder o saque.

O domínio de Nadal aumentou no terceiro set e o espanhol foi ganhando confiança e sendo cada vez mais agressivo para abrir 4/0. Mesmo perdendo dois games, o espanhol não correu riscos e quebrou novamente antes de definir o duelo no saque.

Comentários