Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Antes do 1º jogo, Bia se sente adaptada à grama
02/07/2017 às 17h02

Bia treinou por quinze dias na grama e fez quatro jogos

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Na véspera de sua estreia pela chave principal de Wimbledon, Beatriz Haddad Maia se diz adaptada às quadras de grama. A paulista já ha vem treinando no piso há duas semanas em sua preparação para o Grand Slam britânico.

"Estou bem, saudável e feliz em quadra. Me sinto adaptada à grama depois desses 15 dias jogando e treinando nesse piso", disse Bia Haddad Maia, que enfrenta a britânica Laura Robson às 7h30 (de Brasília) desta segunda-feira.

"Venho fazendo alguns ajustes com o German (Gaich, técnico) e acredito que já peguei ‘a manha’ da grama, um jogo completamente mais rápido, tudo muito diferente, mas é um aprendizado a cada dia", comentou a paulista que disputou quatro partidas no piso antes de ir a Wimbledon e obteve duas vitórias e duas derrotas.

Número 1 do Brasil e 97ª do mundo, Bia ainda não enfrentou Robson pelo circuito, mas sabe o que esperar da rival britânica, ex-número 27 e atual 189ª colocada. "A Robson é canhota também, joga bem na grama e sei que vou jogar com a torcida contra. É entrar em quadra amanhã e fazer o meu melhor contra ela".

Pigossi cai nas quartas, Stefani vice de duplas - A paulista Laura Pigossi caiu nas quartas de final do ITF de US$ 25 mil disputado no saibro sueco de Lund. No último sábado, ela perdeu para a bósnia Dea Herdzelas por 1/6, 6/4 e 6/1.

Também no último sábado, a paulista que treina nos Estados Unidos Luísa Stefani foi vice-campeã de duplas no ITF de US$ 25 mil disputado no piso duro americano de Auburn. Stefani e a australiana Ellen Perez perderam por 4/6, 6/4 e 10-5 para a anfitriã Emina Bektas e a chilena Alexa Guarachi.

Comentários