Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Azarenka se prepara para primeiro Slam como mãe
01/07/2017 às 15h26

Azarenka faz seu segundo torneio desde o retorno às quadras

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Às vésperas de estrear em Wimbledon, Victoria Azarenka concedeu sua primeira entrevista coletiva em Londres. A ex-número 1 do mundo foi pouco perguntada sobre sua expectativa para o torneio e sua primeira adversária e falou mais sobre a experiência de viajar acompanhada de seu primeiro filho, o pequeno Leo, que nasceu em dezembro.

"Estar de volta aqui com um membro extra da minha equipe é realmente especial", disse Azarenka aos jornalistas. "Ele é um bom viajante. Há um pouco mais de estresse mais porque eu quero ter certeza de que está tudo bem, mas ele está ótimo e adora o avião".

Mãe de primeira viagem, ela precisou fazer algumas adaptações à sua rotina habitual no deslocamento para as cidades onde jogará. "Há um pouco mais de bagagem agora e eu estou chegando ao aeroporto um pouco mais cedo do que costumava. Antes, eu apareceria pouco antes de fechar o check-in. Agora tenho que vir com mais antecedência".

"Eu não sabia que não poderia levar seu carrinho a Londres, então tivemos que carregá-lo por todo o aeroporto até chegar na alfândega, o que foi realmente estranho", comentou a bielorrussa, que voltou às competições há duas semanas, em Mallorca.

A jogadora de 27 anos também falou sobre como conciliar o tempo em quadra com a vida de mãe. "Quando você está em um esporte individual, você tem que ser um pouco mais egoísta, e é um desafio mental não me sentir culpada de não poder passar todos os segundos com meu filho".

"Mas também isso me dá um bom equilíbrio. Quando eu termino os treinos ou as minhas partidas agora, posso me desligar do tênis e apenas curtir meu filho", avalia a bielorrusa que, por ter ficado mais de um ano parada, saiu do ranking. A vitória sobre Risa Ozaki na estreia em Mallorca a levou ao 678º lugar.

Azarenka utilizou o ranking protegido para entrar em Wimbledon e pode exercer esse direito em até oito torneios do calendário, sendo dois Grand Slam. Ela também pode receber convites para disputar os principais torneios do circuito enquanto ainda não tem ranking para entrar diretamente.

A ex-número 1 também prevê uma estreia difícil contra a americana Catherine 'CiCi' Bellis, jovem de 18 anos e número 40 do mundo. "Ela não é uma adversária fácil, especialmente na primeira rodada. Já treinei com ela algumas vezes, aqui mesmo e também em Mallorca. Ela é uma boa jogadora. E nessa idade você não tem nada a perder, apenas entra em quadra sem pressão e joga".

Comentários