Notícias | Dia a dia
'Estou no nível dos outros três', afirma Murray
19/06/2017 às 13h53

Murray tem treinado duro para a estreia em Queen's

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - A afirmação do norte-americano John McEnroe, que descreveu o britânico Andy Murray como distante dos outros três do 'Big Four', o suíço Roger Federer, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic, foi rebatida pelo número 1 do mundo, que não concordou com as palavras do ex-tenista profissional. 

"Acho que em boa parte da carreira eu realmente estive atrás, mas no momento este não é o caso", declarou o escocês, que nesta semana disputa o ATP 500 de Queen's, onde vai buscar o hexa e terá como primeiro obstáculo o compatriota Aljaz Bedene. 

"Mas o que ele falou não é verade, pelo menos no último ano. Sou o número 1 do ranking e foi melhor do que eles nos últimos 12 meses. É assim que o ranking funciona e levei muito tempo para conseguir chegar aqui. Tem pelo menos uma ou duas coisas que consegui fazer que eles não", acrescentou Murray. 

O britânico, contudo, reconheceu que em termos de carreira fica sim atrás de Federer, Nadal e Djokovic. "Se você olhar nos títulos e tudo mais que ganhei talvez não possa me comparar a esses caras. Sempre estive atrás deles no ranking", opinou o atual líder do ranking. 

Semifinalista em Roland Garros, ele saiu com boas sensações do torneio e tem trabalhado duro para chegar bem na temporada de grama. "Estou melhor do que em Paris, mas ainda tenho que evoluir se quiser competir com os melhores do mundo. Meu saque pode melhorar e tenho trabalhado para isso", finalizou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis