Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Murray e Stan abrem semis, Nadal e Thiem às 10h30
08/06/2017 às 16h10

Nadal já disputou 24 semifinais de Grand Slam e perdeu apenas três

Foto: Arquivo

Paris (França) - Os finalistas da chave masculina de Roland Garros serão conhecidos nesta sexta-feira, data que serão realizados os dosis jogos da fase semifinal. Andy Murray e Stan Wawrinka abrem a rodada às 7h45 (de Brasília), enquanto Rafael Nadal e Dominic Thiem duelam a partir das 10h30.

Murray e Wawrinka já se enfrentaram dezessete vezes e o britânico lidera o retrospecto por 10 a 7, ainda que o suíço tenha três vitórias e apenas uma derrota em partidas no saibro. Será uma reedição da semifinal do ano passado em Paris, quando Murray levou a melhor em quatro sets.

Líder do ranking mundial, Murray disputa sua 21ª semifinal de Grand Slam. O escocês de 30 anos tenta alcançar a 12ª decisão em um dos quatro maiores torneios do mundo, sendo a segunda em Paris, onde foi vice-campeão no ano passado.

Já Wawrinka luta para reconquistar Roland Garros dois anos depois do título no saibro francês. Aos 32 anos, o atual terceiro do ranking chegou a apenas três finais de Grand Slam, mas sempre saiu delas com um troféu na mão. Caso vença nesta sexta-feira, o suíço terá pela primeira vez duas finais no mesmo Slam.

No segundo jogo da rodada, Rafael Nadal defende um retrospecto de 4 a 2 contra Thiem. Só neste ano, eles já se enfrentram três vezes. Jogando em saibro espanhol, o anfitrião levou a mehor nas finais de Barcelona e Madri, enquanto o jovem austríaco de 23 anos venceu nas quartas de final de Roma.

Nadal está em sua 25ª semifinal de Grand Slam e luta para alcançar a 22ª final. As únicas três derrotas foram para Jo-Wilfried Tsonga no Australian Open de 2008, Andy Murray no US Open de 2008 e Juan Martin del Potro no US Open de 2009. Desde então, o espanhol jogou 14 semifinais de Grand Slam e venceu todas. Por sua vez, Thiem está apenas em sua segunda semifinal de Slam, repetindo o resultado obtido no ano passado em Paris.

Se o histórico é muito favorável ao espanhol, maior vencedor em Roland Garros com nove conquistas, os números da temporada são mais equilibrados. Nadal e Thiem são os líderes em vitórias no ano, sendo 41 para o espanhol e 34 para o austríaco. No saibro, os dois estão empatados na primeira posição com 22 vitórias, sendo que Thiem perdeu quatro jogos (dois para Nadal) e o espanhol apenas um, exatamente para o rival desta sexta-feira.

Comentários