Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Ostapenko resume: 'Fui agressiva, mas consistente'
06/06/2017 às 18h49

Ostapenko derrotou Wozniacki pela quarta vez na carreira, sendo a terceira no ano

Foto: Divulgação

Paris (França) - Principal surpresa na semifinal de Roland Garros, Jelena Ostapenko explicou o segredo para anotar sua quarta vitória seguida, sendo a terceira na temporada, sobre Caroline Wozniacki. Para a jovem letã de 19 anos, a chave para a vitória foi ter aliado consistência e agressividade. Mais paciente a partir do segundo set, a letã manteve o domínio do fundo de quadra, mas reduziu o número de erros.

"Foi difícil porque tivemos que sair duas vezes da quadra e Caroline é uma adversária difícil", disse Ostapenko após a vitória por 4/6, 6/2 e 6/2. "Eu estava errando um pouco no começo, mas no fim deu tudo certo", cometeu a jogadora que cometeu 50 erros, mas 25 aconteceram ainda no 1º set.

A letã conseguiu sua quarta vitória contra Wozniacki, sendo a terceira no ano. "Em minha mente, toda vez que eu jogar contra ela, eu só sei que tenho que ser agressiva, mas não ir para a definição logo na primeira bola, porque eu tenho que ser consistente".

Em busca de uma vaga na final de Roland Garros, Ostapenko irá enfrentar a suíça Timea Bacsinszky, em duelo inédito no circuito. Um dado curioso é que o jogo será disputado na próxima quinta-feira, 8 de junho, data de aniversário das duas jogadoras. Ostapenko completará 20 anos, oito a menos que a adversária.

Será realmente ótimo jogar aqui quando for meu aniversário. Espero poder aproveitá-lo", afirmou a jovem letã. "Acho que somos boas amigas, porque jogamos duplas no ano passado, e assim eu pude conhecê-la. Ela é uma pessoa muito legal. Ambas faremos aniversário e estou ansiosa para o jogo".

Ela também avaliou o estilo da suíça, que já foi top 10 e hoje 31ª do ranking. "Seu jogo é muito diferente. Ela pode variar muito e jogar de maneira agressiva, mas também pode mudar o ritmo. Acho que tenho que ser agressivo e fazer meu jogo".

Comentários