Notícias | Dia a dia | Roland Garros
'Foi minha melhor partida no saibro', diz Murray
03/06/2017 às 14h50

Murray acredita que o nível do adversário o fez jogar melhor e mais focado

Foto: Divulgação

Paris (França) - Após uma grande vitória neste sábado, Andy Murray não escondeu a satisfação pelo desempenho apresentado no duelo contra Juan Martin del Potro pela terceira rodada de Roland Garros. Em ano de altos e baixos e com atuações irregulares no saibro, ele acredita que esta foi sua melhor atuação.

"Foi seguramente a minha melhor atuação durante a temporada de saibro", disse Murray após a vitória por 7/6 (10-8), 7/5 e 6/0. "O segundo e o terceiro set foram os melhores que eu joguei", avalia o número 1 do mundo.

Murray havia chegado a Roland Garros com apenas quatro vitórias e quatro derrotas no saibro. Sua melhor campanha no piso havia sido a semifinal em Barcelona, com quedas nas oitavas em Monte Carlo e Madri e uma surpreendente eliminação na estreia em Roma.

"Estou começando a me sentir melhor. Eu estava ansioso para Roland-Garros, lutei muito nas últimas seis ou sete semanas, mas tenho ótimas lembranças daqui e espero poder seguir em frente", avalia o britânico que foi vice-campeão do Grand Slam francês no ano passado.

O britânico também avalia que o nível do adversário também fez com que ele pudesse jogar um tênis melhor neste sábado. Ele conseguiu a sétima vitória em dez jogos contra Del Potro. "Quando você joga contra alguém tão bom, talvez seu foco seja um pouco maior".

"Foi obviamente uma vitória importante para mim e uma grande partida. Quando Juan está jogando bem, ele é um dos melhores do mundo. Jogar contra ele no início de um Grand Slam não é fácil, mas pode ser uma coisa muito positiva".

Murray agora espera o complemento do jogo entre o norte-americano John Isner e o russo Karen Khachanov. A partida foi suspensa por chuva neste sábado e será retomada no domingo. Khachanov havia vencido o primeiro ser por 7/6 (7-1).

Comentários