Notícias | Dia a dia
Americano é suspenso por 10 anos por manipular jogo
18/05/2017 às 17h15

Nikita Kryvonos só poderá voltar a trabalhar com tênis em 2025

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - O americano Nikita Kryvonos foi suspenso de qualquer atividade relacionada ao tênis por dez anos e multado em US$ 20 mil por violar o Programa Anti-corrupção do Tênis.

A investigação da Tennis Integrity Unit (TIU) concluiu que o jogador entrou em conluio com terceiros para manipular o resultado de um jogo pelo challenger de Champaign, no estado americano de Illinois, em novembro de 2015.

A partida suspeita de manipulação teve movimentação atípica de apostadores de diferentes partes do mundo.

Kryvonos foi ainda acusado de não colaborar com as investigações da TIU, uma vez que não forneceu registros de seu telefone celular e outros documentos solicitados pela entidade.

Como já estava suspenso preventivamente desde o dia 30 novembro de 2015, a suspensão imposta nesta quinta-feira irá expirar no dia 29 de novembro de 2025. A audiência com o jogador foi realizada no dia 27 de abril em Londres.

O tenista de 30 anos ocupava o 931º lugar quando foi suspenso. O melhor ranking de sua carreira foi a 389ª posição, alcançada em 2007.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis