Notícias | Dia a dia
Bia conquista maior título e atinge o top 100
14/05/2017 às 11h08

Bia já tem dois títulos na temporada e avanço de 150 postos

Foto: Arquivo

Cagnes sur Mer (França) - A canhota paulista Bia Haddad Maia se tornará nesta segunda-feira a oitava brasileira a atingir a prestigiada faixa das 100 melhores tenistas do ranking. O feito foi garantido com a conquista de seu maior título, que veio neste domingo no saibro francês com boa vitória em cima da suíça Jil Teichmann, por 6/3 e 6/3.

Bia, que completará 21 anos em 16 dias, repete assim Maria Esther Bueno, Niege Dias, Teliana Pereira, Patrícia Medrado, Andrea Vieira, Cláudia Monteiro e Gisele Miró, que atingiram em algum momento de suas carreiras o top 100. O ranking feminino foi criado em 1975, muito depois do auge de Bueno. Ainda assim, ela obteve a mais alta classificação até hoje, com o 29º posto.

A canhota levou um susto no final de 2016, quando sofreu um acidente doméstico que forçou o adiamento do início de seu calendário. Foi direto ao piso duro australiano e conquistou um título de US$ 25 mil, então o segundo da carreira. Depois, fez quartas de final no WTA de Praga e agora fatura um título de US$ 100 mil. Em apenas quatro meses, subiu 150 postos.

Com a chegada ao top 100, Bia também garante a presença em seu primeiro Grand Slam. Ela terá vaga direta em Wimbledon, cuja lista de inscrição será encerrada no dia 22 e tradicionalmente dá lugar às 108 primeiras do ranking.

Apesar do placar elástico, Bia teve problemas na final entre canhotas. Muito firme no fundo de quadra, abriu 3/1 mas perdeu em seguida o serviço. Não se abalou, recuperou a vantagem com 4/2 e seguiu firme no saque. A história se repetiu no segundo set. A paulista saiu com 2/0, mas não sacou tão bem e permitiu reação e viu a suíça virar para 3/2. Sem se assustar, manteve o jogo agressivo, obteve nova quebra e chegou a 5/3. Aí forçou as devoluções e liquidou uma semana sem sets perdidos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis