Notícias | Outros
Brasil conquista vaga no Mundial de 16 por equipes
21/04/2017 às 13h18

Equipe formada por Mateus Alves, Matheus Pucinelli e João Ferreira garantiu vaga para a Copa Davis Júnior, que acontece em setembro

Foto: Divulgação

Bogotá (COL) – O time masculino do Brasil venceu a terceira partida seguida no Sul-americano de 16 anos por equipes em Bogotá, na Colômbia e se classificaram antecipadamente para o Mundial da categoria. Os brasileiros derrotaram a Venezuela por 3 jogos a 0 nesta quinta-feira e garantiram vaga na Copa Davis Junior, que será disputada em setembro em Budapeste, na Hungria. Nesta sexta-feira, os meninos cumprirão tabela contra o Uruguai, que ainda busca a segunda colocação no grupo A. 

O primeiro a entrar em quadra foi o mineiro João Ferreira, que venceu o venezuelano Cristian Morales por 6/0 e 6/1. No segundo jogo de simples, o paulista Mateus Alves bateu Dimitri Badra por duplo 6/2. Nas duplas, com o confronto já definido, Ferreira e o paulista Matheus Pucinelli derrotaram Lamas e Badra com parciais de 6/0 e 6/4. 

“Nossos atletas estão muito bem preparados e de parabéns por esta conquista. Estou muito orgulhoso de poder estar aqui como capitão do Brasil. Agradeço à CBT, aos Correios e aos treinadores Thiago Alves, Hugo Daibert e Chico Costa que trabalham com estes atletas e estão fazendo um ótimo trabalho. Nossa equipe está muito feliz, pois já conquistou uma das três vagas para participar do Mundial na Hungria. Agora, nosso grande objetivo é ser campeão aqui em Bogotá”, afirmou o técnico Roland Santos. 

A equipe feminina venceu o seu primeiro confronto no Sul-americano diante da Venezuela por 3 x 0 e segue viva em busca da classificação para o Mundial da categoria, a Fed Cup Junior. Na última rodada, o Brasil enfrenta o Equador e quem vencer este confronto se classifica na segunda posição no grupo A. 

A brasiliense Luiza Fullana conquistou a primeira vitória brasileira de virada diante da venezuelana Angela Mendoza por 5/7, 6/0 e 6/1. Em seguida a paulista Ana Luiza Cruz venceu Sofia Cabezas por 7/5 e 6/4. Nas duplas, Cruz e Fullana superaram Cabezas e Fernandez por 7/6, 4/6 e 10/5. 

“Com esse resultado nosso e a vitória da Argentina contra o Peru, jogamos nesta sexta, contra o Equador, valendo a vaga para disputar o terceiro e o quarto lugar e a vaga para o Mundial. Hoje vai ser de novo um confronto muito duro, tem tudo para ser decidido nos detalhes. As meninas estão de parabéns e vamos com tudo contra a equipe equatoriana”, finalizou o técnico Roberto Carvalho.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis